Cadastre e receba dicas sobre saúde sexual

Conheça causas orgânicas da disfunção

Ainda que bastante temida, a disfunção erétil é um dos distúrbios que mais afetam a saúde sexual masculina (aproximadamente 155 milhões de homens no mundo todo). E como a imagem da força masculina está muito associada à potência sexual, dá para imaginar o quanto a disfunção erétil pode levar a transtornos para a vida dos homens, não é mesmo?

É importante ficar ciente das causas que provocam a disfunção. Com maior conhecimento, o homem fica mais habilitado para evitá-lo e controlá-lo. Leia o post a seguir e desvende as causas orgânicas da disfunção erétil.

O funcionamento sexual do pênis

O pênis fica ereto conforme o nível de excitação, seu funcionamento está plenamente integrado às funções cerebrais. Através de sinais emitidos pelos neurônios, o sangue que circula pelas artérias é impulsionado para os corpos cavernosos que constituem internamente o pênis, fica comprimido dentro deles e provoca o fenômeno da ereção. Quando o sangue reflui, saindo do pênis, ele volta ao estado de flacidez.

Quando há problemas no funcionamento desses mecanismos, acontece a disfunção erétil.

A disfunção erétil e outros distúrbios

O homem, ocasionalmente, pode apresentar disfunção erétil –não significa que ele sofre realmente do problema. A disfunção pode estar associada à falta de concentração no momento da relação sexual, a alguma ansiedade ou receio – causas emocionais, não orgânicas.

Outros problemas, como perda da libido e ejaculação precoce, também podem interferir no mecanismo saudável da ereção ou vice-versa.

Os problemas orgânicos vs. problemas emocionais

Entre os problemas orgânicos que podem provocar disfunção erétil estão os vasculares de origem arterial e hormonal. Alterações na morfologia do pênis também podem causar a disfunção erétil, como a Doença de Peyronie, uma deformidade peniana.

Quando a disfunção desaparece dependendo do estado psicológico do homem, geralmente a causa da disfunção é somente emocional. Quando, mesmo após muitos esforços e concentração, a disfunção persiste, é provável que haja algum problema orgânico.

Os distúrbios hormonais e vasculares

À medida que o homem vai envelhecendo, a taxa de testosterona diminui em seu organismo. Contudo, mesmo idoso, o homem mantém quantidade de testosterona e espermatozoides suficiente para manter relações sexuais e fertilizar uma mulher. Por essa razão, a reposição hormonal nem sempre é a melhor solução.

Compreender a vascularização ajuda a entender distúrbios de ereção. A artéria ilíaca é a responsável pela irrigação do pênis e pernas (o sangue deixa a aorta e dirige-se a essas partes). Se a artéria ficar obstruída por placas de ateromas (carboidratos ricos em ferro e cálcio), haverá circulação precária, podendo provocar a disfunção erétil. O homem pode ter a ereção, mas não consegue mantê-la devido à fuga venosa.

Fuga venosa é o nome dado à saída do sangue dos corpos cavernosos em um ritmo acelerado e volumoso, impossibilitando a permanência da ereção. Por causa disso, tornaram-se comuns as cirurgias de ligadura das veias penianas; mas, essa técnica foi abandonada, considerando que o problema era que o sangue chegava sem pressão nos corpos cavernosos.

O diabetes

Homens portadores de diabetes mal controlada podem apresentar disfunção erétil. Ainda que o mecanismo de ereção se mantenha, os estímulos nervosos não são transferidos para o pênis harmonicamente, ou seja, os nervos deixam de comandar o processo de ereção.

O cigarro é uma dos piores causadores de impotência sexual. Uma pesquisa feita em São Paulo comprovou que o uso do cigarro provoca uma redução de aproximadamente 45º graus no ângulo de ereção. Homens estimulados por uma droga introduzida no pênis apresentaram um ângulo de 105%; após uma semana, depois de fumar e receber a medicação, 80% desses homens apresentaram um ângulo de ereção de somente 60%.

E você, já teve distúrbios em sua ereção? Tem o hábito de fumar ou apresenta diabetes? Tem problemas cardiovasculares? Deixe seu comentário!

Por favor, selecione a unidade mais próxima de você.