Anticoncepcional masculino: tudo que você precisa saber - Clínica Alfamen

Por favor, selecione a unidade mais próxima de você.

Cadastre e receba dicas sobre saúde sexual

Anticoncepcional masculino: tudo que você precisa saber

Atualmente, os únicos métodos contraceptivos voltados para os homens são a vasectomia, que é efetiva, mas permanente, e os preservativos que, por mais que sejam de fácil acesso e simples de usar, não são 100% seguros. A boa notícia é que esse cenário está prestes a mudar. Uma nova forma de tratamento contraceptivo voltada exclusivamente para os homens deve chegar ao mercado em 2017. Criado pela ONG americana Parsemus Foundation, o anticoncepcional masculino se chama Vasalgel e está em fase avançada de testes.

O que é o Vasalgel?

Como o próprio nome diz, o Vasalgel é um gel. A substância deve ser aplicada nos vasos deferentes, localizados nos testículos. O gel forma uma camada semipermeável, que age bloqueando a passagem dos espermatozoides, que são reabsorvidos pelo corpo do homem. A ação é semelhante à vasectomia. A grande diferença é que, no caso do Vasalgel, além de não haver intervenção cirúrgica, a situação é revertida com a aplicação, por meio de injeção, de bicarbonato de sódio no local.

Duração, contraindicações e valor do Vasalgel

A expectativa é que o Vasalgel mantenha sua eficácia por até 10 anos, caso o homem não deseje reverter a sua situação. A substância não tem contraindicações e não altera a produção dos hormônios masculinos. Apesar do produto ainda está em fase de testes, o custo estimado é de US$ 400 (em torno de R$ 1,5 mil).

Pílula anticoncepcional masculina pode se tornar realidade

Além do Vasalgel, há um outro método contraceptivo voltado para homens que pode se tornar realidade: uma pílula anticoncepcional masculina. De acordo com estudo publicado pela revista científica Science no dia 1º de outubro de 2015, pesquisadores japoneses asseguraram ter dado um grande passo no desenvolvimento do medicamento. A pílula é baseada no bloqueio de uma proteína denominada calcineurina, que exerce papel de destaque na fertilidade dos homens. Até então, não tinha se identificado de forma concreta quais de suas formas era a que afetava mais. Com a descoberta, pode ser que a ingestão da pílula não seja mais exclusividade das mulheres.

Métodos tradicionais não devem ser esquecidos

Apesar das inovações no âmbito dos anticoncepcionais masculinos, as formas tradicionais que os homens têm de prevenir a concepção não devem ser esquecidas. A vasectonomia, que é a cirurgia recomendada para quem não ter mais filhos, tem 98% de eficácia. O procedimento é simples, realizado pelo urologista no consultório médico e dura em torno de 20 minutos. A recuperação pode acontecer em poucas horas.

Quem deseja se proteger, mas não descarta a possibilidade de ter filhos no futuro, por enquanto, deve depender ainda do preservativo. Apesar da eficácia do método não ser tão alta quanto no caso da vasectonomia, usar camisinha, além de evitar uma gravidez indesejada, previne contra doenças sexualmente transmissíveis.

Quando o assunto é evitar a concepção, todo cuidado é pouco. É importante ter em mente que essa é uma responsabilidade tanto do homem quanto da mulher, então a conversa é essencial para escolher o método contraceptivo que seja mais adequado para os dois.

Tem alguma dúvida sobre o assunto? Não deixe de comentar aqui, que responderemos em seguida!



Por favor, selecione a unidade mais próxima de você.